A bioética e as suas encruzilhadas


Revista da Faculdade de Direito de Conselheiro Lafaiete, ISSN 1679-8139, v. 3, p. 201-214, Conselheiro Lafaiete, 2007.

O artigo, publicado em parceria com o psiquiatra e pesquisador português José António Zagalo Cardoso, da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, traz para o campo da genética médica as discussões éticas que permeiam os mais diferentes campos da experiência humana. Partindo do conceito de ética, critica o mito da perfeição humana, ao passo que adverte para os riscos que as pesquisas médicas trazem e para a necessidade de prosseguir no seu encalço. Recusando acreditar numa autoridade censora das condutas éticas aceitáveis, e invocando o «princípio da responsabilidade» pelas nossas decisões, discute a necessidade de se respeitar a pluralidade ética quando as consequências pelas decisões digam respeito apenas a quem as toma.

Comentar


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *